Menu:

Vôo solitário,
Como solitária é a noite.
Cruzo miríades de estrelas,
Mas não me encontro em nenhuma.






 
Sites relacionados:

arrow CincoVentos Ensemble
arrow Femusc
arrow Tove's Artquilts
arrow Meu site antigo



 
Pesquisar:


you can use AND, OR, NOT operators for your search

E eu sonhava.

Sequer me lembro com o quê, com flores ou bicicletas.

Pensar o mundo pelo prisma da inocência,
Tantas cores, tantos borrões...

Tão poucas nuvens no céu...

Tampouco lembro ao certo quando os ventos mudaram.

E vi os cacos de vidro daquele caleidoscópio,
Reduzindo as ilusões de tantas fascinantes imagens,
Tantos infinitos reflexos,
A um tão pouco mágico capricho da ótica...

Desisti do caleidoscópio, em favor da luneta.

*******

Quem em sã consciência troca o sonho pela realidade?

Crescer.

Enlouquecer.



24 Jun, 2010 - thomas - visto 7697x



  • Deixar comentário

This item is closed, it's not possible to add new comments to it or to vote on it